prostata

Câncer de próstata: doença pode ser silenciosa

Melhor forma de prevenção é a mudança de vida com hábitos saudáveis

Segundo dados do Ministério da Saúde, o câncer de próstata é a segunda maior causa de morte entre os homens. Somente no ano de 2018, foram registrados 68.220 novos casos, sendo que isso corresponde a um risco estimado de 66,12 casos novos a cada 100 mil homens.

Durante o Novembro Azul, o assunto é, mundialmente, discutido entre eles. No entanto, devido ao preconceito e até o silêncio da doença, muitos homens não procuram um médico para a realização de exames preventivos de rastreamento. E, quando procuram, muitas vezes, o caso já está mais avançado.

“Mesmo nos dias atuais, nós temos um problema muito maior com os homens do que com as mulheres, com relação à adesão para se fazer o exame preventivo da próstata”, comenta o médico Responsável Técnico do Serviço de Oncologia do Hospital Santa Casa de Curitiba, dr. Maikol Kurahashi. “Existem alguns casos de cânceres e tumores de próstata que não elevam o PSA, por exemplo, então o toque retal faz parte, sim, do diagnóstico de câncer de próstata”, completa.

Os exames de toque retal e Antígeno Prostático Específico (PSA) são indicados para homens a partir dos 50 anos, com um médico Urologista. No entanto, dr. Maikol explica que quando o paciente tem histórico de câncer na família, principalmente em primeiro grau (pai, irmão, mãe), a idade para a realização de exames preventivos pode diminuir, dependendo da avaliação do profissional. “O ideal é que o paciente faça o rastreamento, porque consegue diagnosticar o câncer ainda no começo, pois o câncer de próstata é assintomático (não apresenta sintomas)”, esclarece.

SINTOMAS

Quando aparecem os sintomas, o paciente pode apresentar diminuição do jato da urina, polaciúria (urinar pouca quantidade muitas vezes ao dia) ruptura (acordar muitas vezes durante à noite para urinar), sangue na urina, além de outros sintomas quando a doença já está mais grave, como dores ósseas. “De forma geral, em formas mais precoces, o câncer de próstata, infelizmente, não tem sintomas”, destaca.

PREVENÇÃO

As formas de prevenir, não só o câncer de próstata, mas como outros tipos de cânceres, estão atreladas aos hábitos de vida saudáveis, como:

  • Exercícios físicos regularmente;
  • Evitando o consumo de álcool;
  • Cuidando do peso corporal;
  • Alimentando-se de forma saudável;
  • Evitando o consumo de gordura e carne vermelha;
  • Evitando consumo de refrigerantes;
  • Alimentando-se de frutas e verduras.

“É importante para o homem lembrar que deve cuidar da própria saúde, pois quando a gente tem um diagnóstico precoce, a chance de cura é muito maior, por isso que nós trabalhamos tanto com a conscientização do Outubro Rosa e do Novembro Azul”, finaliza o médico.

SANTA CASA

O Hospital possui atendimento ambulatorial e cirúrgico para casos clínicos e de emergência no Serviço de Urologia, contando com o suporte de toda a estrutura do hospital e médicos das demais especialidades para tratamento de patologias associadas. Além disso, dispõe de um serviço de Oncologia especializado para casos de câncer de próstata.

Em casos de encaminhamento via Sistema Único de Saúde (SUS), a Unidade Básica de Saúde (UBS) realiza o encaminhamento do paciente para o atendimento. Para o agendamento de consultas por convênio ou particular, o paciente pode entrar em contato diretamente com a central de agendamento pelo telefone (41) 3207-3215, para marcar sua consulta.

Postagens relacionadas